visita_guiada

O programa foi criado com o intuito de proporcionar um intercâmbio entre a sociedade, em especial as escolas, e o Palácio da Justiça Rodrigues Campos, considerado importante patrimônio histórico do TJMG. O Palácio da Justiça foi tombado através do Decreto nº 18.641, em 10 de agosto de 1977, tombamento realizado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA/MG e resistiu às demolições ocorridas em Belo Horizonte, que destruíram um grande número de prédios representativos da primeira década do século XX.

O prédio sempre despertou a curiosidade daqueles que transitam pela região, por isso é grande a demanda de pessoas que querem visitá-lo. Em consequência, a Mejud apresenta, como uma de suas atividades, a Visita Guiada com o intuito de reafirmar sua importância como patrimônio cultural, revelando toda a riqueza arquitetônica do Palácio da Justiça. Os visitantes têm a oportunidade de percorrer os vários ambientes, tais como: Salão Nobre, sala da Corte Superior, salas de audiência e culminam no Museu, descobrindo o rico acervo constituído por documentos, processos judiciais e objetos representativos do fazer jurídico.

A primeira visita aconteceu no dia 05 de outubro de 2007. Nela, servidores do Poder Judiciário e profissionais da Arquitetura, História e Direito tiveram oportunidade de conhecer um pouco da história, curiosidades e lendas relacionadas com o prédio.