10/12/2019

Imagem: Ascom/TJMG

cantata-natal-tjmg-2016

A apresentação ocorre no centenário Palácio da Justiça, localizado na avenida Afonso Pena

No dia 14 de dezembro, às 19h, no Palácio da Justiça Rodrigues Campos, sede do Museu da Memória do Judiciário Mineiro (Mejud), as crianças e adolescentes do Coral Infantojuvenil e da Orquestra Jovem da Coordenadoria da Infância e da Juventude (Coinj), mantidos pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), irão apresentar a Cantata de Natal 2019.

Como tradição do evento do TJMG, haverá também inauguração das luzes natalinas do prédio histórico e a tão esperada chegada do Papai Noel.

Com o tema “Nunca pare de sonhar: fé na vida, fé no homem, fé no que virá!”, a cantata 2019 apresenta mais do que tradicionais canções natalinas. Por meio de elementos da folia de Reis, tradição folclórica que se tornou patrimônio imaterial de Minas Gerais, de um repertório com músicas que nos inspiram a refletir sobre a importância da fé como parte da vida, bem como fator que unifica o pensamento de religiões, crenças e culturas, o espetáculo promete grandes emoções nessa noite mágica no Palácio de Justiça de Belo Horizonte.

O jovens usarão roupas brancas, com fitas de Folia de Reis, simbolizando as religiões espiritualistas, os trajes dos três Reis Magos, representando as crenças evangélicas, a bata, símbolo da religião católica e a bata de monge, representando os rituais orientais.

Coral

A Cantata de Natal 2019 reunirá um total de 260 alunos do coral e 40 da Orquestra Jovem. Muitos deles se encontram em situação de vulnerabilidade social ou vivem em instituições de acolhimento e são o público prioritário do referido projeto.

Frequentam as aulas de instrumento (violino, viola, violoncelo, contrabaixo, clarineta, violão, flauta transversal, sax e percussão), musicalização, teoria musical, canto coral e inglês, oferecidas pela Coinj. Dentre as diversas apresentações que os grupos realizam durante o ano, a cantata é a mais aguardada. É um evento grandioso, que demanda um esforço e muita disciplina e cooperação de todos os envolvidos.

O Palácio da Justiça está localizado na avenida Afonso Pena, 1.420, centro de Belo Horizonte, em frente ao Parque Municipal. A Cantata é aberta ao público.

Mejud

O Museu da Mejud mantém exposições permanentes e itinerantes. Ele busca estreitar os laços com a sociedade e levar ao maior número de pessoas a historicidade de seu acervo, que inclui peças importantes como a Carta de Alforria da escrava Chica da Silva, o processo do Caso dos Irmãos Naves e inventários diversos, dentre eles, o de Dona Beja. A visitas ocorrem de segunda à sexta-feira, de 10h às 17h. A entrada é franca. Informações pelo telefone (31) 3237 6224 ou pelo endereço eletrônico mejud@tjmg.jus.br.

(Com informações da Ascom/TJMG)