24/11/2014

Foto: Marcelo Albert

2014-Lucio-Urbano-Imprensa Oficial

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) e a Imprensa Oficial de Minas Gerais (IOMG) assinaram, no último dia 13 de novembro, o protocolo para edição do livro Comarcas Mineiras produzido pela Memória do Judiciário Mineiro (Mejud) do TJMG. O ato fez parte das comemorações dos 122 anos da IOMG e do Diário Oficial “Minas Gerais”, em cerimônia realizada no histórico prédio do jornal no Centro de Belo Horizonte. Assinaram o documento o superintendente da Mejud, desembargador Lucio Urbano Silva Martins, e o diretor-geral da IOMG, Eugênio Ferraz, que representou o governador do Estado, Alberto Pinto Coelho.

A publicação apresentará a formação do território de Minas Gerais, reunindo todo o processo de formação e evolução da divisão judiciária mineira, paralelamente ao conjunto de mudanças sucessivas da divisão eclesiástica e administrativa do Estado. Incluirá a relação das comarcas, contendo um breve histórico que assinala a data de criação, supressão, restauração e suas várias denominações, bem como classificação quanto à entrância e leis de referência de forma cronológica de 1711 a 2014. A obra apresentará ainda a relação de juízes de direito que passaram pelas comarcas e quadros analíticos da organização administrativa e judiciária.

Compuseram também o dispositivo de honra o 2º vice-presidente do TJMG, desembargador Kildare Gonçalves Carvalho, representando o presidente Pedro Carlos Bitencourt Marcondes; o juiz de direito Bruno Terra Dias, representando o presidente da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), desembargador Herbert Carneiro; a primeira-dama de Belo Horizonte, Regina Lacerda, representando o prefeito Márcio Lacerda; e o presidente da Belotur, Mauro Werkema.

Em seu discurso, o desembargador Kildare Carvalho ressaltou que a “centenária Imprensa Oficial não se resume a publicar atos oficiais dos três Poderes do Estado, mas vem se revelando uma verdadeira instituição comprometida com atividades culturais mineiras, valorizando escritores e artistas ao longo dos seus 122 anos. Citou o conhecido suplemento literário, que “tanto divulgou e continua divulgando as gerações de autores e talentos reconhecidos e prestigiados em Minas e no Brasil”.

O superintendente da Mejud, desembargador Lúcio Urbano, elogiou a parceria firmada entre o TJMG e a IOMG para edição do livro sobre as comarcas mineiras. “Esta obra lança um marco histórico no estudo da estrutura judiciária mineira. Foi resultado de mais de dois anos de trabalho de pesquisa da Memória do Judiciário do Tribunal de Justiça. Entendemos que este livro só poderia ser editado com a cooperação de uma instituição, que se destaca pela importância na divulgação da cultura do Estado e excelência na prestação de serviços gráficos”, disse o desembargador.

Cultural

A programação cultural das comemorações dos 122 Anos da IOMG abriu a exposição “O Retorno” do artista plástico e desembargador do TJMG José Marcos Vieira na Galeria de Artes da IOMG. Foram lançadas também as publicações “Contos e Crônicas: Audiências na Imprensa Oficial – Volume I”, “Cadernos de Paleografia I” e “Aleijadinho – 200 Anos”.

O público, que lotou as dependências do edifício centenário na avenida Augusto de Lima, assistiu à apresentação artística do grupo “A Trupe” do programa Valores de Minas. Criado pelo Governo de Minas e Servas, o programa atende jovens entre 14 e 24 anos matriculados em escolas da rede pública, por meio de oficinas de teatro, circo, música, dança e artes plásticas.

Ainda dentro da programação, foram inauguradas a Biblioteca Sustentável e o Memorial das Placas. Todo o acervo de livros da Imprensa Oficial ficará a disposição do público para leitura e consulta.

Outras Notícias