26/02/2013

Foto: Ascom/TJMG

2013-TJ terá coleção de obras de magistrados e servidores

A Memória do Judiciário Mineiro (Mejud) e a Gerência de Biblioteca, Pesquisa e Informação Especializada (Gedoc) firmaram parceria para implantar a coleção de obras literárias e jurídicas de desembargadores, juízes e servidores do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG). O espaço irá funcionar na Sala da Superintendência, no Palácio da Justiça Rodrigues Campos, que completou 100 anos em 2012.

O acervo será formado por obras pertencentes à Biblioteca e livros adquiridos junto a editoras e lojas de usados. A coleção também aguarda receber doações dos autores ou de seus familiares.

A finalidade deste novo espaço de pesquisa, criado sob a iniciativa do Superintendente da Mejud e ex-presidente do TJMG, desembargador Lúcio Urbano Silva Martins, é manter o aspecto histórico dos livros, bem como reforçar a importância deste patrimônio. “O Tribunal de Justiça presta uma homenagem aos autores e deseja mostrar à sociedade que os juízes, além de julgar, também possuem o talento de escrever”, destacou o Superintendente.

A catalogação, aquisição das obras e controle de acesso ficarão sob a responsabilidade da Biblioteca. A coleção ficará aberta ao público para consulta no local. O acervo não estará disponível para empréstimo. A inauguração fará parte das comemorações dos 25 anos da Mejud em novembro de 2013.

Outras Notícias