23/05/2011

Foto: Acervo Mejud

congonhas-240x320

Magistrados e entidades especializadas interessados na doação, preservação e na recuperação de autos findos, livros, documentos e objetos diversos de interesse histórico ou cultural existentes nos arquivos dos cartórios do interior, bem como de órgãos judiciários da capital do estado devem entrar em contato diretamente com a Memória do Judiciário Mineiro (Mejud), setor responsável pela implementação de diretrizes da política museal no âmbito do Poder Judiciário de Minas Gerais.

O Ofício MEJUD 001/2011, com as devidas orientações, foi enviado a todas as comarcas mineiras e segue o que recomendam a Resolução 252/93, o Provimento GACOR/117/2004 e o Aviso CGJ/21/2009, regulamentando a matéria. Outras informações sobre doações, bem como de constituição de centros de memórias nos fóruns e criação de parcerias com museus públicos podem ser obtidas pelos telefones (31) 3237 6224 ou pelo correio eletrônico mejud@tjmg.jus.br.