20/05/2019

Imagem: Mejud

x20190517_154016

A final da 1ª Competição Mineira de Processo Civil foi realizada no Salão Nobre do Palácio da Justiça

O Palácio da Justiça Rodrigues Campos, sede do Museu da Memória do Judiciário Mineiro (Mejud), recebeu, na última sexta-feira (17/05), as etapas finais da 1ª Competição Mineira de Processo Civil. Promovido pelo Grupo de Extensão entre Direito Material e Processual da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com o Instituto de Direito Processual (Idpro), o evento homenageou o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) e professor Humberto Teodoro Júnior, considerado um dos maiores juristas do Brasil.

Segundo a Chefe do Departamento de Direito e Processo Civil e Comercial (DIC) da UFMG, professora Juliana Cordeiro, o objetivo principal da Competição foi estimular o interesse dos estudantes para a advocacia a partir de casos práticos. Participaram 36 equipes de 20 instituições de ensino de Belo Horizonte, Contagem, Itabirito, Mato Verde, Montes Claros, Ouro Preto, Patos de Minas, São Gotardo e Vespasiano. “Queremos uma formação de melhor qualidade para os nossos estudantes e ficamos muito felizes que o Tribunal de Justiça tenha sido parceiro desse projeto”, explicou.

A primeira etapa da Competição foi a prova escrita, com base na simulação de um caso real. Na sequência, as melhores equipes disputaram as rodadas orais. Os classificados participaram da final realizada no TJMG. A equipe da UFMG foi a vencedora e os alunos da Faculdade de Direito Milton Campos foram os vice-campeões. A estudante Ana Carolina Gabrich da Universidade Fumec foi escolhida a melhor oradora e Victor Fernando da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) ficou em segundo lugar.