03/12/2013

Foto: ECI/UFMG

UFMG-video

A Memória do Judiciário Mineiro (Mejud) é uma das quatro instituições museológicas integrantes do vídeo “Patrimônio Cultural e sua Relação com a Ciência da Informação: Imagem em Movimento”, produzido pelos alunos de graduação em Museologia da Escola de Ciência da Informação (ECI) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O vídeo também apresenta a Casa Bandeirista (Ouro Preto), monumento histórico símbolo da ocupação do território mineiro; o Museu Casa Guignard (Ouro Preto), dedicado à memória do pintor Alberto da Veiga Guignard; e o Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas, que abriga o conjunto de obras barrocas de autoria de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.

A vinheta sobre a Mejud, que comemorou 25 anos em 2013, apresenta imagens do centenário prédio do Palácio da Justiça Rodrigues Campos e do seu mobiliário, bem como do acervo do Museu da Mejud, composto por diversos objetos e documentos que retratam a memória da Justiça mineira. O superintendente da Mejud, desembargador Lúcio Urbano Silva Martins, destacou a qualidade do vídeo produzido pela UFMG. “Trata-se de um trabalho acadêmico à altura da grandeza das instituições homenageadas”. O vídeo está disponível no canal do YouTube .

Outras Notícias