Setembro/2012

Foto: Ascom/TJMG

fato_10-2012

O Desembargador Raphael de Almeida Magalhães, jurista renomado, contemporâneo de grandes nomes como Mendes Pimentel e Sobral Pinto, faleceu em dezembro de 1928, em pleno exercício da presidência desta Egrégia Casa.

No primeiro aniversário de sua morte o busto em bronze o TJMG condecorou-o com uma escultura, em bronze, hoje exposta na escadaria do Palácio da Justiça.

A obra é do célebre escultor Rodolfo Bernardelli, mexicano de Guadalajara.  Ainda criança sua família mudou-se para o sul do Brasil e, após convite  de Dom Pedro II para que seus pais fossem preceptores das princesas, transferiram-se para o Rio de Janeiro.

Escultor e retratista Bernardelli era de perfil realista, atuando de forma destacada na iconografia das personalidades imperiais. Suas esculturas, com detalhes bem elaborados, buscavam refletir a luz, conferindo singularidade às suas obras.

Referências:
SILVA, Maria do Carmo Couto da. Rodolfo Bernardelli, escultor moderno:Análise da produção artística e sua participação entre a Monarquia e a República. Campinas 2011.
SOBRAL, Pinto. Raphael de Almeida Magalhães. Digesto Econômico, nº 197, 1997. p. 08.